Marina Silva saída política e ética

Marina Silva saída política e ética

20 de agosto de 2009

Bom dia Prezada Senadora Marina Silva

A luta política que existe no Brasil permite que cada um siga a lógica e os objetivos que melhor representem os seus ideais e crença política, dessa forma respeito a decisão de V. Excia. de sair do Partido dos Tarabalhadores.

Por outro lado lamento que tenha abandonado a luta interna do PT ou que a luta tenha sido abandonada em prol de um projeto  unicamente pessoal, digo isso por acreditar que em nenhum momento até o presente momento (e posso estar enganado) o seu comportamento fosse o de quem deixou de lutar pelos menos favorecidos nessa nossa sociedade capitalista, ao mesmo tempo a luta das questões ambientais são realizadas por todos os partidos e em nenhum momento vi o PT como um obstáculo a essa luta.

Analisando a situação política que atravessamos, estamos tendo um embate onde a justiça, objetivando manter os privilégios dos mais favorecidos, tem quase sempre buscado impedir que a representação política seja partidária, apesar de ter definido que o mandato
pertence ao partido.

Pessoalmente se um parlamentar resolver sair e criar um outro partido tenho claro que é um direito seu de ir de encontro a novos rumos, por outro lado quando o parlamentar deixa um partido é por discordar das posições políticas definidas pelo partido e surpreendente é que ele ao se filiar a outro partido que já existe passe a defender as idéias que não concordava.

A simples troca de partido é um um desrespeito aos eleitores e um abandono de um lado ético que sempre acredito seja a primeira vertente a ser analisada quando um parlamentar se propõe a mudar partidariamente. A justiça que não enxerga, a não ser que seja chamada, os principios partidários como sempre defende e defenderá sempre o “status quo”.

Espero que ao se filiar a um outro partido V. Excia. deixe a vaga que foi eleita para representar o Partido dos Trabalhadores.

Atenciosamente,
José Luciano de Souza Menezes

PS: enviado para a Senadora Marina Silva

Anúncios

Uma resposta to “Marina Silva saída política e ética”

  1. M. Says:

    Bela carta.

    De fato, a admirável postura da Senadora ao longo de sua trajetória confere muito peso às suas palavras e decisões. Fico perplexo com a atitude neste momento em que a américa toda avança com a liderança e moderação do Brasil.

    Me é estranho que causa “verde”, simples assim como o PV apresenta, tenha densidade suficiente para suportar uma pessoa com a história de luta de Marina Silva. Será que ela vai mesmo para o tucano verde?? e quando o partido orientar o apoio aos Senadores Heráclito Fortes (DEM) e Kátia Abreu (DEM)? O DEM e o PV têm diversas alianças. Não posso crer o alinhamento de Marina Silva com PV. Ainda acredito no ser humano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: